Os maiores erros de quem quer emagrecer

Imagem de destaque do Artigo: Os maiores erros de quem quer emagrecer
16/07

Em um contexto no qual modelos são exaltadas nas redes e as capas de revista vendem imagens um pouco diferentes do que estamos acostumados a ver, é comum que muitos pacientes sejam bastante apressados no que respeito a emagrecer com rapidez. Em tempos de internet, a aparente facilidade em seguir die...

Em um contexto no qual modelos são exaltadas nas redes e as capas de revista vendem imagens um pouco diferentes do que estamos acostumados a ver, é comum que muitos pacientes sejam bastante apressados no que respeito a emagrecer com rapidez. Em tempos de internet, a aparente facilidade em seguir dietas milagrosas ganha ainda mais potencialidade: basta um clique, escolher o que parece fácil e tudo parece resolvido. 

No desespero para ter o corpo ideal muita gente acaba metendo os pés pelas mãos e realizando uma série de procedimentos duvidosos, o que pode gerar muitos impactos negativos na saúde. Deseja emagrecer corretamente e evitar erros na hora de perder uns quilos? Abaixo, cito alguns dos maiores deslizes nesse processo para você passar longe. 

Passar muito tempo sem comer 

Talvez esse seja o maior erro de quem está tentando perder peso, tudo porque costuma-se associar o jejum à manutenção de calorias. No entanto, eliminar as refeições e passar muito tempo longe da comida tem o efeito contrário em que o faz: além de fazer com que o corpo guarde mais calorias a cada refeição por entender que demorará a ser saciado novamente, esse tipo de hábito só aumenta a vontade de comer doces e gorduras – ou seja: no fim, o que você estará fazendo é aumentando o intervalo entre cada alimentação, mas terá que suprir a fome com uma quantidade cada vez maior de alimentos. Discutiremos o "Jejum Intermitente" em uma outra oportunidade, ok?

Não dormir

Além dos erros acima, muitas pessoas não dão a devida importância para o sono – sobretudo enquanto fazem dieta. À primeira vista, isso pode não fazer sentido, mas a falta de descanso pode gerar o desregulamento do hormônio regulador da fome e pesar muito no resultado de sua alimentação. 

Verde, verde e mais verde

Assim como restringindo a quantidade de refeições, há sempre aquele paciente que acredita que irá emagrecer comendo apenas alface. A prática pode até funcionar nos primeiros dias, mas logo, logo você enjoará dos mesmos alimentos (e o perigo está justamente aí, pois é o momento no qual procurará por tudo o que não comeu durante a dieta!). Além disso, vale destacar a importância do equilíbrio entre carboidratos, proteínas e gorduras para o seu organismo. Que tal trocar o prato de tomate por um filé ou omelete com uma saladinha? Não exclua grupos de alimentos.

Por contra própria

Em tempos de Internet, você é seu próprio médico, certo? Errado! Caso deseje realmente fazer uma dieta saudável e específica para o seu caso, procure por um profissional para te auxiliar a fazer as escolhas certas. Nada de “meu amigo me recomendou isso” ou “eu vi numa revista”. Apenas um profissional pode te orientar com base científica. 

Água pra quê? 

É muito comum encontrar pacientes que sequer se atentam para a quantidade de água ingerida por dia. Além de manter as funções corporais em dia, bebê-la antes das refeições pode ajudar a “forrar” o estômago e saciar sem que você coma muito, por exemplo. 

Gostou das dicas acima? Confira mais assuntos como esse em meu INSTAGRAM

Drª. Paula Leal, CRM 93528.

Já conheçe nosso perfil do Instagram?