Entenda como o estresse está atrapalhando seus resultados.

Imagem de destaque do Artigo: Entenda como o estresse está atrapalhando seus resultados.
25/10

Você deve saber que não basta a prática de exercícios físicos para ter um corpo saudável e definido. Fatores como a alimentação e hábitos de vida têm grande influência na performance esportiva. Porém, de nada adianta ter uma boa dieta se você não consegue eliminar o estresse do seu organismo. Saiba ...

Você deve saber que não basta a prática de exercícios físicos para ter um corpo saudável e definido. Fatores como a alimentação e hábitos de vida têm grande influência na performance esportiva. Porém, de nada adianta ter uma boa dieta se você não consegue eliminar o estresse do seu organismo. Saiba como isso pode estar atrapalhando seus resultados.

Como o estresse atrapalha os seus resultados

Uma vida estressante, além de danos à nossa saúde mental, está relacionada a uma série de problemas:

• Aumento de gordura corporal

• Dores e diminuição de massa muscular

• Mau humor e ansiedade

• Redução na libido

• Redução na capacidade cognitiva

• Azia e gastrite

Isso acontece porque o estresse faz com que o corpo libere em excesso um hormônio chamado cortisol, que prejudica a saúde e atrapalha os resultados na performance esportiva.

O efeito do cortisol no organismo

O cortisol é um hormônio que começa a ser liberado pelo nosso corpo assim que acordamos para nos dar energia e voltarmos às nossas atividades.

Além disso, sempre que nosso corpo se vê diante de uma situação de tensão, esse hormônio é liberado no sangue pelas glândulas adrenais. O cortisol secreta açúcar no sangue, ou seja, dá mais energia para que o corpo possa enfrentar a situação de “perigo”.

Porém, em excesso esse hormônio inibe a queima de gordura do organismo. Além disso, diminui a quantidade de tecido metabolicamente ativo do corpo, ou seja, os músculos.

Como o cortisol gera perda muscular?

Para gerar energia, o cortisol faz com que o glicogênio, reserva energética do organismo, se converta em glicose. O hormônio também queima tecido muscular para transformá-lo em glicose, processo conhecido como glicogênese.

Essa resposta do organismo a situações de tensão também ocorre quando estamos estressados. Ou seja, o estresse gera queima de massa muscular.

Além disso, o açúcar presente no sangue desperta a ação da insulina, um hormônio que dificulta a queima da gordura corporal.

Como o cortisol interfere na testosterona

A testosterona é um hormônio importante para a formação de massa muscular, pois aumenta a síntese de proteínas no corpo.

Já o cortisol é um hormônio oposto à testosterona. O primeiro tem função catabólica, ou seja, tem funções de destruição e reduz o tecido muscular. Já o segundo tem função anabólica, ou seja, tem funções de construção. Isso significa que para a formação de músculos é importante estimular o anabolismo, que constrói massa muscular. Porém, se o cortisol aumenta, o nível de testosterona cai.

Dicas para eliminar o estresse da sua vida

Na vida moderna é difícil não estarmos expostos a situações de estresse. Porém, controlar essa sensação é muito importante para termos uma vida saudável. Uma boa alternativa é cuidar da alimentação. Consumir alimentos ricos em antioxidantes ajuda a prevenir os hormônios do estresse. A prática saudável de exercícios físicos e uma boa noite de sono também são fundamentais.

Lembre-se que cuidar da sua saúde também significa buscar mais qualidade de vida e reduzir os danos que o estresse causa ao organismo!

Para ler mais sobre o efeito dos hormônios em nosso corpo leia outros posts do meu blog.

Drª. Paula Leal, CRM 93528.

Já conheçe nosso perfil do Instagram?