A importância dos hormônios para homens e mulheres

Imagem de destaque do Artigo: A importância dos hormônios para homens e mulheres
19/01

Você sabe o que são hormônios?Hormônio é uma palavra que vem do grego e significa “estímulo” ou “estimular”. São substâncias químicas produzidas por glândulas ou por neurônios específicos, cuja função no organismo é regular os mais diversos órgãos e suas atividades, ou transportar informações entre as células. Os animais...

Você sabe o que são hormônios?

Hormônio é uma palavra que vem do grego e significa “estímulo” ou “estimular”. São substâncias químicas produzidas por glândulas ou por neurônios específicos, cuja função no organismo é regular os mais diversos órgãos e suas atividades, ou transportar informações entre as células. Os animais vertebrados têm cerca de 50 hormônios atuando no seu organismo. 

Alguns exemplos de hormônios

-Hormônio do crescimento (GH): estimula o crescimento do corpo humano. 

-Insulina: faz com que as células absorvam a glicose, diminuindo sua quantidade no sangue. É produzida no pâncreas. 

-Melatonina: regula os ritmos do corpo, sobretudo o sono. É produzida na glândula pineal, que fica próxima ao centro do cérebro. 

-Noradrenalina ou norepinefrina: neurotransmissor que atua no sistema nervoso simpático. Entre outras funções, libera glicose no sangue e interfere nas emoções, aumentando a disposição para realizar tarefas. É liberada antes da adrenalina. 

-Adrenalina: também atua no sistema nervoso, e é produzida na mesma região da noradrenalina (as glândulas suprarrenais), embora por células diferentes. É liberada depois da noradrenalina, em situações de estresse extremo, em que a pessoa deve resolver em segundos se vai ficar para lutar ou fugir.  

-Dopamina: neurotransmissor que atua no sistema nervoso central, causando sensações de prazer e motivação. É produzida no hipotálamo. 

-Serotonina: neurotransmissor que atua nas sinapses, isto é, comunicação entre neurônios. Controla o apetite, atividade sexual, sono e outros ritmos do corpo. 

Os hormônios sexuais

Estes costumam ser os mais lembrados quando se fala em hormônios, porque são eles que regulam algumas das características específicas de homens e mulheres, e também aspectos relacionados ao humor, performance esportiva e estética corporal. Vamos a eles:

-Testosterona: é conhecida como o hormônio masculino, por ser encontrada em quantidade muito maior nos homens do que nas mulheres. Neles, é responsável pelo desenvolvimento, na puberdade, das características sexuais secundárias, como aparecimento dos pelos, engrossamento da voz, aumento dos órgãos sexuais e produção dos espermatozoides pelos testículos. Em ambos os sexos, controla o desenvolvimento e força da massa muscular e equilíbrio da gordura, o ânimo em geral e a absorção do cálcio pelo organismo, entre outras funções. 

-Estrogênio ou estrógeno: é considerado o hormônio feminino, por ser produzido mais nas mulheres que nos homens. Nelas, a partir da puberdade, é o responsável pelas características sexuais secundárias femininas, como o crescimento dos pelos, aumento das mamas e da bacia pélvica. Também é o hormônio que age no período inicial do ciclo menstrual, comandando a liberação do óvulo nas trompas uterinas (ovulação). Sua falta causa praticamente os mesmos sintomas que a carência de testosterona nos homens. 

-Progesterona: é o hormônio da gravidez. Atua na segunda fase do ciclo menstrual, preparando o útero para receber o óvulo fecundado. Se o ovo se fixa na parede do útero, este hormônio continua sendo produzido em grande quantidade, para proteger o desenvolvimento do feto ao inibir as contrações do útero. Se a mulher não o produz em quantidade suficiente, tem dificuldade para ficar grávida ou manter uma gravidez. 

Drª. Paula Leal, CRM 93528.

Já conheçe nosso perfil do Instagram?