O papel da musculação para a prevenção da osteoporose

Imagem de destaque do Artigo: O papel da musculação para a prevenção da osteoporose
08/05

Uma doença silenciosa, que atinge predominantemente mulheres a partir dos 50 anos e que, muitas vezes, só é diagnosticada quando provoca uma consequência mais séria: essa é a osteoporose. A boa notícia é que é possível preveni-la por meio de hábitos adotados ao longo da vida, um deles é o exercício ...

Uma doença silenciosa, que atinge predominantemente mulheres a partir dos 50 anos e que, muitas vezes, só é diagnosticada quando provoca uma consequência mais séria: essa é a osteoporose. A boa notícia é que é possível preveni-la por meio de hábitos adotados ao longo da vida, um deles é o exercício físico, em especial, a musculação.

O que é osteoporose?

A doença se caracteriza pela porosidade e fragilidade dos ossos, é por isso que eles ficam mais suscetíveis ao sofrimento de fraturas. A principal causa da osteoporose é a perda da massa óssea, que começa a acontecer naturalmente após os 30 anos de idade. Além disso, a falta de vitamina D também é um dos fatores que favorece o aparecimento da doença, assim como a menopausa, no caso das mulheres.

Quais os sintomas?

Como foi mencionado, normalmente as pessoas descobrem que sofrem de osteoporose depois que fraturam um osso com um impacto pequeno. No entanto, apesar de silenciosa, a doença emite outros sinais que podem ser observados: a pessoa pode ter uma diminuição de cerca de 3 centímetros da sua estatura, perceber os ombros caídos (sem ser por uma questão de postura) e até o aparecimento de uma corcunda.

Osteoporose e musculação

É comprovado pela medicina que atividades físicas são eficazes na prevenção de doenças como a osteoporose e a musculação é uma das modalidades mais indicadas para isso. Esse exercício produz estímulos que são capazes de aumentar a absorção de cálcio pelos ossos, nutriente que constitui a massa óssea, evitando essa porosidade. Além disso, a musculação fortalece os ossos e mantem a performance com saúde!

Quem pratica musculação regularmente tem ainda outros benefícios que podem não prevenir diretamente a osteoporose, mas não deixam de ter relação com ela. Por exemplo, o exercício melhora o equilíbrio, isso evita quedas e, por consequência, a fratura óssea. 

A musculação também fortalece a coluna vertebral, tonifica os músculos e melhora o sistema imunológico.

Outras formas de prevenir

Além da musculação, outras medidas combinadas podem ser bastante eficientes na prevenção da doença. Tomar sol pela manhã também é muito importante por causa da vitamina D, experimente se expor aos raios solares por 15 minutos antes de começar suas atividades.

Para quem fuma, abandonar o hábito também é essencial, assim como reduzir o consumo de bebidas alcoólicas. 

Também vale a pena observar se é possível fazer alguma adaptação em casa para evitar quedas, como por exemplo, tirar os tapetes que podem ser escorregadios.

Tratamento

Depois do diagnóstico, o tratamento da osteoporose é feito com medicamentos que estimulam a massa óssea. A suplementação de cálcio e vitamina D pode ser prescrita como terapia complementar dependendo do caso. Infelizmente, a doença ainda não tem cura, mas o tratamento, realizado da forma correta, garante uma boa qualidade de vida ao paciente.

Outro ponto: depois do diagnóstico também é possível continuar com a musculação, mas o professor deve ser comunicado para orientar exercícios personalizados.

Acesse o meu canal no Youtube para saber mais sobre saúde e qualidade de vida!

Drª. Paula Leal, CRM 93528.

Já conheçe nosso perfil do Instagram?